Conheça a Capital Mundial da Cachaça.

A cidade de quarenta mil habitantes é conhecida por ser uma das mais hospitaleiras entre o interior de Minas Gerais, conhecido por seu valor imprescindível para a história da nação em épocas coloniais e republicanas. O folclore influencia as manifestações culturais correntes na região produtora de requeijão e carne de sol, ambos exportados para o Brasil e outras nações do mundo.

Fotos de pontos turísticos.

Interessante notar que município também é um dos campeões na produção da cachaça mineira que hoje em dia é considera como a melhor do país. São mais de cinquenta marcas distintas que juntas produzem média de seis milhões de litros. Eventos de bebidas reúnem especialistas conhecidos.

Conhecido por produzir festas juninas pacatas, local no qual ainda existe o festejo junino nas ruas, com em épocas de ouro quando vivíamos em um país com menos agitação e violência. Local indicado para quem quer conhecer  verdadeira essência singular do interior mineiro.

Fonte: http://turismo.culturamix.com/

População estimada 2016 (1) 41.494
População 2010 39.178
Área da unidade territorial 2016 (km²) 1.862,117
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) 20,75
Código do Município 3157005
Gentílico salinense
Prefeito 2017
JOSE ANTONIO PRATES


Informações Estatísticas

Notas

(1) Retificação, em 12/09/2016, das populações de Piritiba (BA), Tapiramutá (BA), Morro do Chapéu (BA), Urbano Santos (MA), Barreirinhas (MA) e Santa Quitéria do Maranhão (MA). Para verificar atualizações e consultar estimativas da população de anos anteriores, consulte o link http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/estimativa2016/estimativa_tcu.shtm


Fonte:IBGE

Clique aqui.

Gentílico: salinense

Histórico

Salinas 
Minas Gerais - MG

Histórico

O desbravamento da região de Salinas foi feito pelos bandeirantes oriundos da Bahia, que, sob o comando de Antônio Luís dos Passos, bateram aquelas terras na cata de riquezas. A gleba mineira, generosa como sempre, ofereceu ao desbravador, abundantes jazidas de sal, produto, então escasso e, por isso mesmo, de elevado preço. Tal descoberta contribuiu, sobremaneira, para o povoamento daquela região, onde hoje se ergue a cidade de Salinas.
D. Faustina Fernandes Pessoa, que era a proprietária dos terrenos, doou uma grande área para que nela se erguesse uma capela sob a proteção de Santo Antônio, e para que os fiéis construíssem ali suas casas. Estava lançada a semente de um novo povoado. Tão logo foi levantada a capelinha, os exploradores das jazidas, aproveitando-se da oferta daquela bondosa Senhora, construíram suas casas, ao redor do templo, crescendo o arraial de Santo Antônio de Salinas, pertencente a Rio Pardo de Minas. O nome do povoado foi em homenagem ao padroeiro e em referência às jazidas da região.
Progredindo o lugar, foi, pela Lei provincial número 730, de 16 de maio de 1855, criada a freguesia de Santo Antônio de Salinas, por desmembramento de Rio Pardo. Aliás, naquele ano, em 15 de fevereiro, conforme anotações no livro de Contas da freguesia, D. Ana Maria de Araújo fez doação do terreno para o cemitério local.
Com o esgotamento das jazidas, os habitantes daquelas paragens, dada à excepcional qualidade das terras, voltaram-se para a pecuária e a agricultura, onde iriam assentar a base econômica da região.
Na formação definitiva do lugar, aparece o Sr. Vicente Ferreira Costa, cuja numerosa família pode ser considerada como pioneira da terra salinense. 

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Santo Antônio de Salinas, pela Lei Provincial nº 730, de 16-05-1855, e lei estadual nº 2, de 14-09-1891, subordinado ao município de Rio Pardo.
Elevada à categoria de vila com a denominação de Santo Antônio de Salinas, pela Lei Provincial nº 2725, de 18-0-1880, desmembrado de Rio Pardo. 
Sede na antiga povoação de Santo Antônio de Salinas. Constituído do distrito sede. Instalada em 19-03-1883. Elevado à condição de cidade com a denominação de Salinas, pela lei provincial n° 3485, de 04-10-1887.
Pela Lei Provincial nº 2145, de 29-10-1875, e Lei Estadual nº 2, de 14-09-1891, é criado o distrito de Águas Vermelhas e anexado ao município de Salinas.
Pela Lei Estadual nº 2 ,de 14-09-1891, é criado distrito de Passagem da Vereda (ex-povoado), e anexado ao município de Salinas. 
Pela Lei Estadual nº 556, de 30-08-1911, é criado o distrito de Santa Cruz de Salinas e anexado ao município de Salinas. 
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 4 distritos: Salinas (ex-Santo Antônio de Salinas), Águas Vermelhas, Passagem da Vereda e Santa Cruz de Salinas.
Nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920, o município é constituído de 4 distritos: Salinas, Águas Vermelhas, Passagem da Vereda e Santa Cruz (ex-Santa Cruz de Salinas). 
Pela Lei Estadual nº 843, de 07-09-1923, o distrito de Passagem da Vereda tomou o nome de Amparo do Sítio. Pela mesma lei acima citado Salinas adquiriu do município de Rio do Pardo o distrito de Bom Jardim de Taiobeiras) ex-Taiobeira. 
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 5 distritos: Salinas, Águas Vermelhas, Amparo do Sítio (ex-Passagem da Vereda), Santa Cruz de Salinas e Bom Jesus de Taiobeiras. 
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. 
Pela Lei Estadual nº 88, de 30-03-1938, o distrito de Bom Jardim de Taiobeiras voltou a chamar-se simplesmente Taiobeiras. 
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 5 distritos: Salinas, Águas Vermelhas, Amparo do Sítio, Santa Cruz de Salinas e Bom Jesus de Taiobeiras (ex-Bom Jesus de Taiobeiras). 
Pelo Decreto-Lei Estadual nº 1058, de 12-12-1943, é extinto o distrito de Amparo do Sítio. Pelo este mesmo decreto-lei acima citado é criado o distrito de Rubilita criado com território do extinto distrito de Amparo do Sítio e anexado ao município de Salinas.
Pela Lei nº 336, de 27-12-1948, o distrito de Rubilita teve sua grafia alterada para Rubelita. 
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 5 distritos: distritos: Salinas, Águas Vermelhas, Rubelita (ex-Rubilita), Santa Cruz de Salinas e Taiobeiras. 
Pela Lei nº 1039, de 12-12-1953, é criado o distrito de Ferreirópolis (ex-povoado de Bom Jesus dos Ferreiras). Sob a mesma lei acima citado desmembra do município de Salinas o distrito de Taiobeiras. Elevado à categoria de município. 
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 5 distritos: distritos: Salinas, Águas Vermelhas, Ferreirópolis, Rubelita e Santa Cruz de Salinas. 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960. 
Pela Lei Estadual nº 2764, de 30-12-1962, desmembra do município de Salinas os distritos de Águas Vermelhas e Rubelita, ambos elevados à categoria de município 
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Salinas, Ferreirópolis e Santa Cruz de Salinas.
Assim permanecendo em divisão territorial datada 1993.
Pela Lei Estadual nº 12030, de 21-12-1995, desmembra do município de Salinas o distrito de Santa Cruz de Salinas. Elevado à categoria. 
Em divisão territorial datada de 1997, o município é constituído de 2 distritos: Salinas e Ferreirópolis. 
Pela Lei nº 1435, de 20-12-1999, é criado o distrito de Nova Matrona e anexado ao município de Salinas. 
Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído de 3 distritos: Salinas, Ferreirópolis e Nova Matrona. 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007. 

Alteração toponímica municipal

Santo Antônio de Salinas para Salinas, alterado pela Lei Provincial n° 3485, de 04-10-1887.

Fonte

IBGE

Área da unidade territorial - 2016 1.862,117 km²
Estabelecimentos de Saúde SUS 18 estabelecimentos
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010) 0,679  
Matrícula - Ensino fundamental - 2015 5.610 matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015 1.985 matrículas
Número de unidades locais 1.328 unidades
Pessoal ocupado total 6.881 pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014 11.451,25 reais
População residente 39.178 pessoas
População residente - Homens 19.274 pessoas
População residente - Mulheres 19.904 pessoas
População residente alfabetizada 30.668 pessoas
População residente que frequentava creche ou escola 11.485 pessoas
População residente, religião católica apostólica romana 32.845 pessoas
População residente, religião espírita 102 pessoas
População residente, religião evangélicas 4.404 pessoas
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural 255,00 reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana 346,67 reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural 847,21 reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana 2.427,47 reais
Prefeitura Municipal de Salinas - Praça Procópio Cardoso de Araújo, 07, Centro - Salinas/MG. CEP: 39560-000.